Webinário não é Hangout!

Webinário não é Hangout?? Sempre sinto o choque das pessoas quando faço essa declaração. Contudo a explicação é simples: hangout é uma ferramenta para a transmissão de eventos online e webinário é um tipo de evento online. Assim, você pode criar um webinário utilizando a ferramenta Hangout mas webinário não é Hangout!

Mas vejamos tudo isso em mais detalhes:

Webinário, o que é?


webinarWebinário é um neologismo, criado a partir de: WEB + Seminário

ou seja, webinário é um seminário transmitido via Internet (Seminário Online).

Na sua origem, Webinar (do inglês) é uma abreviação de „web based seminar“ e mais uma vez denomina um seminário transmito via Internet. Em português, webinar gerou o neologismo webinário.

Falei com mais detalhes dessas definições no post:  O que é webinário?

Webinário, como transmitir?


Sendo um webinário um seminário transmitido via Internet, você vai precisar de uma ferramenta de transmissão, certo? Existem dezenas de ferramentas e plataformas de transmissão de webinários no mercado, você só vai precisar escolher uma delas.

Falei sobre algumas ferramentas de transmissão neste post: As melhores plataformas para webinários.

Nesse post você vai poder conhecer algumas plataformas e ferramentas que eu conheço e tenho usado ao longo desses 4 anos na concepção e apresentação de webinários.

Mas qual é a melhor plataforma/ferramenta?

Recebo regularmente esta pergunta e minha resposta é sempre a mesma: o que você quer fazer?

Seus objetivos e suas motivações para a criação de webinários vão delimitar as ferramentas necessárias para a realização do seu projeto. Assim sendo, não existe a melhor plataforma, existe a melhor plataforma para você. Saiba como escolher a melhor plataforma para você:

Webinário: como usar?


Webinar? Webinário? Seminário Online?

 

As razões para a criação de webinários são muitas: economia de tempo e de dinheiro, facilidade, possibilidade de interagir com o seu público, agregar valor para seu produto/serviço, criar autoridade e principalmente, compartilhar conhecimento.

Um webinário pode ser:

  • Seminário Online onde um especialista apresenta um tema específico e responde as questões dos participantes;
  • Conferência Online: onde vários especilialistas falarão sobre o mesmo tema;
  • Aula/Curso online: Live eLearning (educação a distância ao vivo);
  • Debates, entrevistas; encontros com autores;
  • Lançamentos: de livros, de serviços, de produtos;
  • Demonstrações: de serviços, de produtos;
  • Treinamentos
  • Seminários de vendas

As possibilidades são infinitas!

Assista aqui a palestra que ministrei no Congresso Internacional Empreendedorismo de Batom e conheça 10 razões para incluir os webinários na sua estratégia de marketing.

Você tem medo de quê?


Muitas pessoas ainda têm dos webinários, tanto de apresentar quanto de participar. Existe uma resistência por parte do público que desconhece esse tipo de evento online e se você ainda não participou de um, com certeza é porque ainda está inseguro, não é? Algumas dessas inseguranças são muito claras para mim (também não nasci em uma sala de conferências online) mas se eu esquecer a sua, deixe um comentário para que eu possa aumentar esta lista e esclarecer outras pessoas, ok?

Inseguranças do público:

Não saber como funciona

Uma grande dificuldade do público em geral é entender como participar de um webinário e esta ainda é a maior barreira. Mesmo pessoas que convivem comigo ainda não entendem muito bem como funciona, então, não se preocupe, você não está sozinho!

Webinários são realizados em salas de conferências online (salas virtuais acessíveis diretamente no seu navegador) onde participantes e apresentadores podem interagir em tempo real usando ferramentas de comunicação como chat (mensagens instantâneas por texto), áudio e vídeo.SalaEdudip

Os participantes não precisam de um equipamento especial (microfones, câmeras e nem instalar ou comprar algum tipo de programa) para poder participar e interagir com o apresentador. Um computador ou aparelho móvel conectado à Internet já é suficiente para poder participar.

Normalmente o apresentador vai criar uma página de inscrição para seu evento onde o participante encontrará todas as informações necessárias: data, hora, tema, programa, dados sobre o apresentador, e-mail de contato e tudo o que ele (o apresentador) achar necessário. A pessoa interessada em participar deverá deixar seu e-mail para receber o link de acesso à sala de conferências.

No dia marcado todos os inscritos receberão um e-mail lembrando do evento e com o link de acesso à sala virtual. O participante por sua vez, deverá clicar no link e entrar na sala!

Medo de deixar seu contato

O que é compreensível pois recebemos centenas de e-mails indesejados durante o dia! Mas você interessado em participar de um evento online não deve se deixar levar por esse medo: quando você não quiser mais receber os e-mails cancele o seu cadastro na lista, pronto!

Não conhecer ou confiar no apresentador

„a vida é a arte dos encontros“, lembra? Se você não conhece o apresentador terá a oportunidade de conhecer e aprender a confiar ou a desconfiar dele. Eu geralmente faço uma pesquisa pelo nome da pessoa e tento chegar de preferência no site/blog dela. Essa é a melhor maneira de saber se é possível ou não dar um voto de confiança. Procure saber quem é essa pessoa, sobre o que ela fala, qual a sua formação, com que „direito“ fala sobre o assunto e veja se vale a pena para você reservar um pouco do seu tempo para escutá-la.

Resolveu se inscrever, entrou na sala e o que está sendo apresentado não tem ligação com o que você estava procurando ou com o que foi prometido na página de inscrição? (infelizmente isso acontece bastante) FECHE a janela do seu navegador e saia da sala!

Essa é uma das maiores vantagens para os participantes de um webinário: você não precisa inventar uma desculpa para „sair de fininho“ de uma apresentação chata. Você só vai precisar fechar a janela do seu navegador pois assim, você estará automaticamente fora da sala e (na maioria das vezes) ninguém vai em perceber.

Por outro lado, tendo desmestificado as salas de conferência online e os webinários, você estará se abrindo para um mundo de descobertas, vai poder se informar e interagir com especialistas do mundo inteiro sem sair da casa, aprender, ensinar e conhecer o verdadeiro das salas de conferências online como facilitadoras.

Eu, como entusiasta da Internet e do poder dos webinários como meio de comunicação, acredito sim que as salas de conferência online facilitam o encontro entre pessoas e ideias, quebram barreiras geográficas e temporais, ajudam a democratizar o conhecimento e a criam possibilidades ilimitadas de negócios.

Você anda se perguntando se deveria criar webinários mas não sabe bem se isso é para você? Então está na hora de pensar um pouco mais sobre o assunto!

Na palestra que realizei no Congresso Internacional de Mulheres Empreendedoras, falei sobre os 10 motivos para incluir os webinários na sua estratégia de marketing. A gravação está disponível aqui na mediateca e você pode assistir aqui:

Na página de retransmissão da palestra, você encontrará um espaço reservado para comentários, lá você também poderá deixar suas dúvidas e sugestões. Sinta-se em casa!

Acha que essas informações serão interessantes para outras pessoas? Compartilhe! Ajude outras pessoas a perderem os seus medos!

  • Belo Post! Eu sicenramente não sabia a diferença hahahaha. É bom saber de coisas novas e esse post serve justamente pra saber conhecer um pouco mais sobre internet e como trabalhar na internet, até pra não ficar falando besteira por ai. Muito Obrigado!

    • que bom que este post te ajudou Yuri! esta é exatamente o objetivo deste blog: esclarecer as pessoas que procuram saber mais sobre os webinars!

  • Jura que tem diferença? Rs Eu iria morrer sem saber disso! Belo post Leila, muito bacana.