Por que eu escolhi a Udemy?

A Udemy é uma plataforma de ensino a distância mundialmente conhecida. Ela conta hoje com aproximadamente 11 milhões de alunos, 20 mil instrutores oferecendo cursos em mais de 80 línguas. Somente estes números já poderiam justificar minha escolha, mas existem muitos outros motivos!

Desde a publicação do meu primeiro curso online pela Udemy, o WebinarExpress em março deste ano, minha diversão matinal é observar o crescimento do meu número de alunos. No dia de hoje, 13 de julho de 2016 às 10h32 (horário de Berlim) os números indicados no meu perfil são os seguintes:

perfil-instrutor-udemy

 

(você pode clicar na foto para ver a evolução desses números em tempo real).

Quando eu decidi empreender online, como a maioria das pessoas, comecei a procurar por informações sobre o mercado, cursos sobre como criar seu negócio online, cursos de marketing digital e todo o resto. É normal e é necessário! A gente aprende muito mas também se engana muito. As promessas de começar do ZERO, começar sem dinheiro nenhum e ficar rico de um dia para o outro são muitas (e muito tentadoras quando se é novo no mercado).

Contudo, eu sempre tive uma tendência São Tomé e preciso sim “ver para crer”. É muito fácil dizer e escrever o que se quer… o hipertexto, assim como as folhas de papel, aceitam tudo o que dizemos.

Eu poderia facilmente dizer para você que tenho atualmente 15200 alunos, certo? Cada um pagando 50 Reais (preço médio dos meus cursos), eu teria conseguido uma boa renda somente com meus cursos online.

Mas eu posso dizer o que quiser, o perfil do instrutor Udemy é público e os números são atualizados quase que automaticamente. Este foi o primeiro motivo pelo qual eu escolhi a Udemy: a transparência!

Essa transparência nas informações: número de alunos, avaliação dos cursos e comentários sempre foi uma segurança para mim sempre que me matriculei em um curso na Udemy e é muito importante para mim como professora (instrutora no jargão Udemy) que meus alunos e futuros alunos tenham também certeza de que tudo está ali: dito, visível e gravado.

Existem muitas outras vantagens de conhecer esta plataforma de ensino a distância. Eu vou tentar responder as perguntas dos meus colegas professores, cursiosos e talvez até futuros instrutores Udemy. Se você também tem uma pergunta, basta deixar nos comentários e eu vou incluir uma resposta para você aqui no post, ok?

Eu estou realmente muito satisfeita com a oportunidade de fazer parte deste time e por isso, se eu puder contribuir para que ele cresça vou fazê-lo com o maior prazer!

Bom, então mas vamos lá:

Como funciona?

professores empreendedores-dados

A Udemy adotou um sistema de economia compartilhada onde a empresa oferece uma plataforma de hospedagem e comercialização de cursos online com todos os recursos necessários de ensino-aprendizagem online e também de pagamentos.

Os mais de 19 mil instrutores entram com o conhecimento: eles criam seus cursos e também são eles quem interagem com os alunos. O instrutor é dono do seu conteúdo, ou seja, o mesmo curso pode também ser comercializado em outra plataforma pois a Udemy não tem exclusividade (já que ela não compra seu conteúdo, certo?).

 

Quanto custa?

Você não precisa pagar absolutamente nada para disponibilizar seus cursos na Udemy e aí entramos mais uma vez no conceito de economia compartilhada:

O instrutor dispõe de um sistema completo de hospedagem e comercialização dos seus cursos e por esta razão a Udemy será sua parceira na divulgação com constantes companhas de marketing e também na receita gerada através das matrículas. A divisão da receita acontece da seguinte maneira:

O instrutor recebe 97% do valor cobrado pelo seu curso quando ele fizer a venda. Exemplo: você está aqui no meu site, entrou na minha escola online, clicou para conhecer o programa do curso e se matriculou nele, então eu ganharei 97% do valor pago por você. Aqui a Udemy ficará com 3% do valor, o que corresponde às taxas da transação bancárias (admissível, não?).

Quando a venda é efetuda pela Udemy, a receita é divida entre as duas partes em exatamente 50%. Exemplo: um dos 11 milhões de alunos inscritos na Udemy está passeando pela plataforma (que funciona como um marktplace global de cursos online), se encanta e decide se matricular no seu curso. Aqui quem fez a venda foi a Udemy, certo? Então, eles ficam com 50% da receita (o que eu também acho justo, visto a estrutura, a visiblidade e o investimento constante em marketing que eles fazem).

 

Vale a pena?

Depende:

  • Você tem a possibilidade de criar e administrar sua própria plataforma de cursos online, com todas a ferramentas necessárias para o bom funicionamento do seu AVA (ambiente virtual de aprendizagem), com sistema de pagamento eficiente, que proporcione a confiança necessária para que seus alunos façam o pagamento online?
  • Você tem a possibilidade de investir alto em campanhas de marketing para impactar o mercado?
  • Você já é um profissional renomado e conhecido no mercado com clientes e alunos desperados procurando seus cursos (que você venderá tranquilamente por mais de 200 Reais)?

Então não vale a pena!

Mas, se você está procurando uma maneira de empreender ensinando online e quer começar sem riscos e com o que você já tem, então sim!

No meu caso em especial eu vejo três grandes vantagens:

  • Risco ZERO: zero mesmo pois você não precisa pagar nada para usar a plataforma, certo?
  • Investimento nenhum além do meu tempo em preparar os cursos (se você tem um computador, um headset e uma conexão internet também não vai precisar investir mais do que isso – é o que eu ensino no meu curso Vídeos Sem Mistérios por exemplo),
  • Poder me concentrar no que eu sei e gosto de fazer: ensinar! É claro que eu preciso trabalhar na divulgação dos meus cursos (até porque assim fico com 97% da renda, lembra?) mas não preciso me preocupar em enviar fatura, controlar pagamentos e essas coisas chatinhas. Isso a Udemy faz e todo início do mês eu reço um e-mail avisando que os rendimentos já estão na minha conta!

 

Como se tornar um instrutor Udemy?

A primeira coisa a fazer é visitar o blog direcionado a orientar os intrutores. Leia, informe-se, questione.

>> acessar o blog

Depois, é importante que você faça o curso (gratuito) oferecido pela equipe de instrutores Udemy e que ajudará você a conhecer as regras da comunidade. Neste curso você aprenderá algumas técnicas e receberá dicas preciosas para se tornar um instrutor de sucesso!

>> se inscrever no curso Como Criar e Publicar Seu Curso na Udemy

em seguida, entre para a comunidade de Instrutores Udemy, um grupo fechado e exclusivo para os instrutores que querem compartilhar suas experências, tiras dúvidas e melhorar suas técnicas de ensino. E claro, compartilhar alguns resultados:

resultado-instrutor-udemy

(screenshot do relatório de receita de um colega – não é o meu [infelizmente!])

Bom, é claro que não é tudo tão simples assim e se você me permitir, vou deixar aqui alguns conselhos para quem quer entrar para esse time.

 

Está gostando deste post? Quer ficar por dentro das novidades e receber todas as dicas?

Eu envio para você sempre aos domingos! Clique AQUI para se inscrever gratuitamente na minha lista VIP!

 

Conselhos para quem está querendo começar a ensinar na Udemy:

#1 – Conheça a plataforma e o modelo de negócios oferecida pela Udemy

Faça o curso, converse com outros insturores, não tenha medo de explorar todas a possibilidades!

Clique na imagem para começar o curso e aprender como criar seu primeiro curso na Udemy:

como-criar-um-curso-na-udemy

 

#2 – Aprenda a pensar como um empreendedor!

O mercado do ensino a distância não para de crescer por duas razões:

  • Na economia da era digital, a moeda é o conhecimento: quem sabe é quem tem poder e por isso, aprender sempre mais e ao longo da vida é uma necessidade. Com a evolução constante da tecnologia aprender tudo ou talvez de tudo um pouco é acessível a todos!
  • Em tempos de crise e recessão a necessidade de qualificação profissional é ainda maior: as pessoas querem garantir seus empregos e estar sempre atualizado é uma obrigação.

E por isso, empreender compartilhando seu conhecimento é um bom negócio! Contudo, não basta criar um curso perfeito (perfeito para quem? Para você?) é preciso saber conhecer o mercado, as oportunidades, é preciso saber fazer esse conhecimento a ser compartilhado se transformar em um negócio rentável!

Esse é todo o intuito do meu curso Empreendedorismo Digital para Professores, onde eu não somente falo das oportunidades mas também (e principalmente) ensino você a começar a empreender ensinando online. (Clique AQUI para saber mais sobre o curso e se você gostar do que está sendo dito aproveite para se inscrever pelo preço simbólico de 25 Reais)

#3 – Comece com o que você tem!

Não espere ter as condições perfeitas para começar. Você tem um computador e um headset? Comece a gravar seus vídeos, faça testes publicando-os no youtube por exemplo para ver a aceitação do público. Peça uma avaliação crítica dos seus colegas, dos seus familiares. É normal que nos sintamos inseguros no início mas somente a prática vai fazer com que você possa aperfeiçoar suas técnicas!

Veja a diferença entre os vídeos de divulgação do meu primeiro curso na Udemy o WebinarExpress e o mais recente, o Vídeos Sem Mistérios. A evolução é visível, não? E olha que eu edito e produzo vídeos desde 2011 (ok raramente eu era a personagem principal do vídeo, mas mesmo assim!).

WebinarExpress, clique para assistir o vídeo de divulgação:

WebinarExpress-o-curso

Vídeos Sem Mistérios, clique para assistir o vídeo de divulgação:

Vídeos sem mistérios

 

 

#4 – Não tenha medo de aprender a usar as novas tecnologias para ensinar (e ganhar dinheiro com isso).

Encontre as ferramentas certas, as pessoas em quem confiar e aprenda com elas! A transição para o digital já é uma realidade e uma necessidade! Comece a fazer sua entrada (triunfal, espero!) no mundo digital e se precisar de ajuda, peça!

Bom, acho que por enquanto consegui responder algumas perguntas importantes, não? Mas é claro, se a sua não foi abordada, basta deixá-la aqui nos comentários que eu responderei o mais rápido possível!

Já teve uma primeira experiência com a plataforma da Udemy? Como aluno ou como instrutor, não importa, deixe seu parecer:

  • Pensando seriamente em postar meus vídeos na plataforma. Tenho várias ideias de curso em mente, mas sempre paro quando o assunto é como vender. Estudando a possibilidade.

    • Oi Welington! Também não sou uma especialista em vendas e por isso acho tão interessante ter uma estrutura completa me ajudando. Mais de 50% das minhas vendas são feitas pela plataforma e tb uma boa parte por afiliados. Faz o curso que indico aqui e começa a participar do grupo de intrutores…. com certeza vais gostar! Abraço

  • Devanil Júnior

    Oi Leila, você sente que a Udemy é confiável e transparente em relação a quando a venda é feita por você e quando é feito por ela? Digamos que um usuário entra no curso referenciado por mim (portanto, 97%), mas decide navegar pelo site e depois volta pro curso. Perco meus 97% e vira uma venda da Udemy?

    • Boa pergunta Devanil! Na verdade, não posso ainda te responder com toda a certeza… até contactei a udemy para poder te responder.
      O que sei é que o sistema instala um coockie só não tenho certeza da duração dele. Sei que o coockie de afiliados é de 7 dias mas dos outros links não sei ainda… 🙁

    • Oi Devanil! uma novidade que pode te ajudar a esclarecer tua dúvida: agora o sistema Udemy cria também um coockie para o link do instrutor e mesmo que a venda não seja automática, o instrutor ainda recebe os 97%!

  • Emanuel Costa

    Olá Leila. Primeiramente parabéns seu artigo me ajudou bastante. Eu tenho uma dúvida com relação a a declaração de imposto de renda para a receita federal americana. Isto é mencionado no site da Udemy. Você já teve que fazer essa declaração?

    • Oi Emanuel! eu moro na Alemanha e não preciso declarar nada na receita federal america… não acredito que no Brasil seja diferente. Contudo, envia um e-mail para o suporte pois eles vão poder te responder com mais propriedade, ok?

  • Simone Orodeschi Ivanov

    Estou com dificuldade de acessar o blog de instrutores e notei que alguns vídeos gratuitos têm falhas na execução, enquanto o pago correspondente, não. Ex. Video gratuito do prof Diego de como preparar aula online e vídeo da senhora, instrutora, sobre o assunto, que é pago. Simone Ivanov

    • Oi Simone! Nunca tive este problema com as visualização dos vídeos gratuitos mas se for o caso é realmente muito chato! Quanto ao blog dos instrutores, tenta este link: https://teach.udemy.com/pt-br/instructor-highlight-leila-adriano-oystoke-ensino-sem-fronteiras/

      • Simone Orodeschi Ivanov

        Cara Leila, muito obrigada por suas respostas.

        Sou professora universitaria com mestrado. Tenho livro publicado. Estou interessada em ser instrutora da Udemy. Minha área é direito civil, principalmente, direito de família. Mais uma vez, muito obrigada por sua atenção!

        Att.
        Simone Orodeschi Ivanov

        Em 15 de abr de 2017 06:25, “Disqus” escreveu: