Dia Internacional da Mulher: neste 08 de março, empodere uma mulher!

Dia Internacional da Mulher: neste 08 de março, empodere uma mulher conhecendo e reconhecendo seu trabalho assim como suas competências profissionais.

dia internacional das mulheres

Dia Internacional da Mulher: neste 08 de março, empodere uma mulher!

Hoje é 08 de março, dia internacional da mulher. Dia de receber flores e chocolates e beijinhos e abraços. Ora, o dia 08 de março, é um dia de luta pelos direitos das mulheres. Uma luta que começou no final do século XIX e que está longe de acabar, principalmente no que diz respeito às condições de vida e de trabalho.

Então, hoje eu não quero ser mais uma a fazer homenagenzinha comovida, cheia de clichês e imagens bonitas. Eu quero empoderar as mulheres que eu admiro mostrando seus trabalhos e reconhecendo suas competências profissionais.

Eu quero inspirar sim… mas quero fazer isso apresentando para você 13 mulheres inteligentes, competentes e que tomaram os seu destinos nas mãos empreendendo e ensinando online.

É claro que eu poderia apresentar muitas outras mulheres mas, são com essas que eu convivo direta ou indiretamente, com quem eu aprendo todos os dias, que me ajudam, me inspiram e colaboram para o meu desenvolvimento pessoal e profissional.

Então, vamos lá? (para conhecer melhor o trabalho dessas mulheres sensacionais, basta clicar no nome delas ou na imagem, ok? e, se eu puder dar mais uma dica para você, ela é: CLIQUE!)

 

13 mulheres que estão mudando a vida através da educação a distância:

 

Pilar Sanchez Albaladejo:

Sendo a Pilar uma especialista em Design Instrucional seus cursos excelentes e os números não negam:

Pilar Sanchez Albaladejo

 

Quando eu perguntei por que ela ensina online, a resposta dela foi assim simples:

Oi Leila Adriano Ostoyke, minha história é esta: Quando morava em Recife, fui até um congresso de gerenciamento de projetos e percebi lá que o acesso aos cursos na área eram escassos. O profissional era obrigado a fazer um curso presencial em São Paulo ou Rio de Janeiro pagando valores ABSURDOS (no total pelo menos uns R$8.000,00 para um curso de 35 horas – isso incluindo passagem, estadia em hotel e o próprio curso).

E sinceramente, não é todo mundo que tem esse dinheiro todo disponível. Foi aí que percebi que poderia contribuir com a comunidade de gerenciamento de projetos, e criei o meu 1º curso online. Minha intenção nunca foi ganhar dinheiro e sim ajudar ótimos profissionais a evoluírem em suas carreiras, e que só não conseguiam isso por falta de oportunidade.

Nesta semana virei a marca de 10.000 alunos (um número que eu nem sonhava ter quando criei o meu primeiro curso)! E vários desses alunos se certificaram ou como PMPs ou como Scrum Masters por conta dos cursos que publiquei. É impressionante o quão gratificante é saber que fiz parte dessa conquista de cada um deles.

 

Flavia Barbieri

Flavia Barbieri

 

Cristiane Thiel

 

A Cristiane e a Flávia nos fazem a ver e acreditar que um marketing humano (e honesto) é possível, sabe? Principalmente para quem vem da área de humanas como eu e portanto com um “instinto” crítico aguçado, aprender sobre marketing digital (imprescindível hoje) é um prazer (e não uma perda de tempo como em grande parte dos casos!).

Quando eu perguntei por que ela ensina online, a Cristiane respondeu:

Minha vontade de criar cursos online começou com minha preferência pessoal por estudar online.

Depois essa vontade foi crescendo quando eu percebi que muitas vezes eu precisava educar, ensinar meus clientes sobre algumas funcionalidades, ferramentas e conceitos do Marketing.

E finalmente eu comecei a criar os cursos pois eu sou muito a favor do Faça Você Mesmo. E cursos online têm muito essa pegada de liberdade, autonomia e independência.

Tenho aprendido muito com as duas e neste momento o curso da Cristiane Thiel sobre a criação de Buyer Personas está me ajudando muito na criação do meu próximo curso online. Com os conceitos e as dicas que aprendi no curso, criei este questionário para compreender o que meu público quer e precisa aprender, veja:

 

Cassia Fernandes:

Cassia Fernandes

 

A Cassia é inspiração pura! E olha que como alguém de Letras (e mais uma vez aquela gente difícil que citei acima) minha tendência é fugir desses assuntos. Contudo, eu aprendi a admirar o trabalho dela participando de dois cursos e acompanhando-a nas redes sociais. Ela tem um profundo conhecimento do seu ofício de coach (o que ficou raro de encontrar depois que virou moda ser coach, não é mesmo?), é extremamente dedicada e engajada.

Quando eu perguntei por que ela ensina online, a Cassia respondeu:

Bom Leila querida… no meu caso é uma pequena história… sempre tive interesse em ensinar. Fiz magistério. A vida conturbou um pouco minha direção e propósito e me levou para outros caminhos. Na faculdade eu já tinha esse objetivo por gostar mesmo de ensinar. Então me formei e descobri que na maioria das faculdades na época, tinha um “clubinho” onde só entrava quem era da patota. A posição deles era que precisava de pós graduação. Então fiz. Depois precisava de mestrado… ou seja, nunca era suficiente. mas eu sabia que essa não era a realidade. Segui outra direção mas nunca me dei por vencida. Então um dia meu filho me mostrou que eu poderia ensinar online cursos livres ou dentro daquilo que eu tivesse habilidade. Logo conheci algumas plataformas e aqui estou, ensinando do meu jeito, sem burocracia e com muita paixão.

 

Ilidia Serra:

Ilida Serra

 

A Ilidia é um exemplo de superação e nos mostra perfeitamente como o empreendedorismo digital e o ensino a distância podem ser inclusivos. Ilida é deficiente auditiva o que faz dela, praticamente o Beethoven do ensino a distância!

Além disso, ela é uma profissional competente, uma instrutora atenciosa e comprometida com seu trabalho.

 

Elaine Oliveira:

Elaine Oliveira

 

A Elaine se transformou em uma verdadeira professora empreendedora digital. Desde que nos conhecemos ela, que já tinha uma presença online (com blog, canal no YouTube, fanpage e até já palestrava em eventos online), deixou de ser uma professora com um blog para ser uma professora empreendedora. Ela está construindo com competência, determinação e propósito um negócio online de grande valor! Acompanhar o desenvolvimento dela como empreendedora sem perder o objetivo principal da sua profissão é simplesmente fantástico!

Quando eu perguntei por que ela ensina online, a Elaine respondeu:

Eu ensino online porque acredito no potencial da educação a distância. A ideia em ajudar professores e profissionais da educação de outros estados do Brasil e do mundo é algo que me inspira e motiva a continuar com este projeto.

Tenho como propósito oferecer aos professores novas possibilidades de aprender com a internet e apresentar a eles um conteúdo relevante que possa agregar a sua prática pedagógica de forma simples e prática.

 

Luciane Borges:

Luciane Borges

 

Com a Luciane eu redescobri o LinkedIn! Seus cursos são fantásticos: conteúdo, didática e qualidade técnica de alta qualidade. E para completar este cenário encontramos uma instrutora clara, objetiva e extremamente cativante para nos acompanhar durante seus cursos.

 

Fátima Teixeira:

Fatima Teixeira

Descobri o trabalho da Fátima participando do seu curso sobre o minimalismo. Sendo eu mesma adepta do minimalismo foi uma identificação automática pois encontrei uma mulher inteligente, sorridente, bonita, bem vestida e extremamente agradável mostrando o minimalismo como ele é e o que ele representa: a liberdade de viver sem arramas desnecessárias.

 

Verô WataNAbe:

Verô Watanabe

 

A Verô é das Letras como eu e mesmo sem ter participado de nenhum dos cursos ministrados por ela (por enquanto) somente a pouca convivência que temos no grupo de instrutores Udemy já tem me dado bons motivos para admirar o trabalho dela. Em poucos meses na plataforma, ela já está na lista de mais vendidos  e, quando eu perguntei por que ela ensina online, ela me respondeu:

Eu e meu marido Lucas começamos a ensinar online porque somos a favor de uma educação mais acessível e porque somos contra o modelo da CLT no tocante à construção de riqueza 🙂 Nosso objetivo é poder investir o dinheiro do ensino em empreendimentos e projetos ainda maiores – também relacionados à educação.

Então, bom, já gosto dela!

 

Soraia Novaes:

A Soraia é uma dessas mulheres que trabalha pela inovação na educação, ou seja, trabalha pelo futuro do nosso país:

Soraia Novaes

 

E é claro, eu não poderia deixar de lembrar minhas alunas e agora professoras empreendedoras que acabaram de lançar seus cursos online:

 

Edineusa Fernandes, Lia Santos e Cibele Stefani

 

Elas são para mim um exemplo de determinação e de vontade de fazer o melhor possível para contribuir para o desenvolvimento dos seus alunos. Um verdadeiro orgulho para a professora coruja que vos escreve aqui!

Para essas e muitas outras mulheres que contribuem para democratização do conhecimento e para o desenvolvimento de milhares de pessoas, onde quer que elas estejam, todo o meu respeito e admiração hoje e todos os dias do ano!

E você? Quais são as mulheres que você admira pelo seu trabalho?

Deixe o seu comentário! Mostre publicamente seu respeito e sua admiração por elas:

Compartilhe!