7 erros fatais de quem está começando um negócio online

Quais são os principais erros cometidos por quem está começando um negócio online? Como evitá-los? Conheça os 7 erros fatais de quem está começando um negócio online e saiba como evita-los!

7 erros (fatais) de quem está começando um negócio online

 

Quais são os principais erros cometidos por quem está começando um negócio online?

Quais são os principais erros cometidos por quem está começando um negócio online? Esta foi uma sugestão enviada para o programa do meu próximo curso, Negócios Online e Estilo de Vida, através do questionário que eu disponibilizei para que as pessoas interessadas em criar seus negócios online possam me ajudar a criar um curso realmente útil para elas.

Se você quer criar o SEU negócio online, mas está perdido e não sabe por onde começar, você também pode participar desta pesquisa e concorrer às 100 bolsas integrais que vou disponibilizar para as pessoas que colaborarem na construção deste ambicioso projeto. Para responder e participar, basta clicar e seguir o guia:

Um negócio, seja ele online ou não, assim como a vida é feito de erros e de acertos. É praticamente impossível listar todos os erros a evitar. Cada um tem as suas próprias habilidades e deficiências e os erros possíveis estão diretamente ligados às competências que não possuímos.

Contudo, eu reuni 7 erros bem comuns de quem está começando um negócio online. Erros que podem ser fatais para o seu negócio:

 

7 erros fatais de quem está começando um negócio online

 

#1 Achar que não vai errar

Este é o primeiro erro de quem está começando um negócio online: achar que alguém ou alguma coisa poderá evitar seus possíveis erros, seus tropeços e suas decepções. E isso, mais uma vez, porque os erros e os acertos estão diretamente ligados às habilidades e deficiências de cada um de nós.

 

#2 Ter medo de errar

Como eu já tinha falado, você vai errar! E isso, todos os dias! Contudo, você também vai acertar! E, você precisa aprender a analisar erros e acertos cotidianos. Erros para saná-los e os acertos para multiplica-los.

 

#3 Não saber distinguir persistência de inconsequência

Acreditar nas suas ideias, no seu propósito, nos seus projetos é uma necessidade para os empreendedores de sucesso. Muitas pessoas não vão acreditar em você, vão trazer anúncios de emprego, não vão “ver” você trabalhando, não acreditar que você pode (realmente) criar um negócio rentável “na Internet”.

Persistência é continuar trabalhando, comemorando cada resultado (mesmo os que parecem insignificantes para quem já é grande no mercado), testando novas estratégias, errando e aprendendo com cada erro.

Inconsequência é ver que seu negócio não está gerando resultados e continuar persistindo em um modelo que não está dando certo.

Quando eu comecei meu negócio online, no início de 2015, meu modelo de negócios era muito promissor, mas não decolou. Eu oferecia serviços de consultoria e organização de eventos online. Eu tenho experiência e conhecimento técnico suficiente para isso. Contudo, este é um serviço especializado e consequentemente caro. Exige horas de conversas no telefone, horas de negociações para conquistar um cliente.

No início de 2016, depois de longas pesquisas, de muitas conversas e esperanças perdidas (eu estava quase desistindo completamente do meu negócio), eu decidi mudar completamente meu modelo de negócio online: parei de oferecer serviços e passei a oferecer produtos (cursos online).

Dois anos depois, eu me sinto pronta para dar o próximo passo no mundo dos negócios online (mas este é um projeto que ainda está amadurecendo… em breve mais novidades, ok?).

E, se você analisar o mercado e a trajetória da maioria dos empreendedores, essa história se repete: nós temos um projeto, colocamos esse projeto em andamento, analisamos os resultados e fazemos as correções necessárias.

É assim na vida, é isso que faz um gerente de projeto, é isso que faz um empreendedor.

 

#4 Acreditar na fórmula do sucesso

Sabe para quem a fórmula do sucesso funciona realmente? Para quem a vende!

 

#5 Acreditar que pode começar do ZERO

Um dos grandes argumentos de vendas de cursos, de fórmulas mágicas e programas caríssimos de mentoria é a possibilidade de começar do ZERO. Ora, é preciso esclarecer este “zero”.

Um negócio digital é um negócio baseado em conhecimento. Você vai vender um conhecimento específico, um conhecimento que vai resolver o problema de alguém. Bom, digamos que seja uma característica dos negócios em geral e não somente dos negócios digitais, não é mesmo?

Mas, um negócio digital é muito mais centrado no conhecimento. Sendo o conhecimento a moeda forte na era da informação, o sucesso dos negócios digitais é facilmente explicável.

Sendo assim, o ZERO, não inclui o zero conhecimento específico, certo?

No mais, o ZERO também não inclui o zero tempo de trabalho, o zero tempo de aprendizagem (esteja certo, você vai precisar continuar aprendendo sempre!), zero investimento financeiro.

Ou seja, quando falamos em começar do zero, falamos em dar o primeiro passo para criar seu negócio. O ponto zero, o ponto de partida do seu negócio e ponto final!

 

#6 Acreditar que pode começar sem dinheiro

Se é verdade que o investimento financeiro na criação de um negócio online é infinitamente menor do que na criação de um negócio físico, você não acreditar que você não vai precisar de um pouco de dinheiro. Você pode minimizar esses custos aprendendo a fazer você mesmo (o que tem também a vantagem de não depender de ninguém) seu site, seus vídeos, seus cursos online, suas campanhas de marketing, seus posts para as redes sociais, seus eBooks e todo o material de divulgação (que neste caso não serão impressos e sim digitais). Fazer você mesmo é uma ótima maneira de controlar seus gastos. Contudo, seu volume de trabalho vai aumentar e com isso, nós entramos no sétimo erro:

 

#7 Acreditar que vai ter mais tempo livre

Este é um dos maiores erros possíveis! Nos primeiros anos do seu negócio você vai trabalhar muito mais do que as 8 horas diárias no escritório. E, acredite, se não for assim, você não vai conseguir fazer seu negócio decolar! A única diferença (e talvez a que nos faça acordar com vontade de trabalhar) é que você estará trabalhando no seu projeto, nos seus sonhos, no seu legado digamos assim.

Por fim, o maior erro (que eu vou chamar de bônus para ficar mais na língua dos grandes do marketing digital, ok?):

 

#Bônus: o maior dos erros

Acreditar que um curso, uma pessoa vai ensinar tudo o que você precisa para alcançar o sucesso com seu negócio online.

E aqui eu também me incluo e incluo o meu próximo curso!

Cada curso, cada mentor vai ajudar você em um momento do seu negócio.

Nesse início você precisa ver com clareza como estruturar seu negócio, quais as ferramentas necessárias para começar , como criar sua oferta, seus produtos, sua imagem.

Eu não vou poder ensinar você técnicas matadoras para conseguir 10 milhões de seguidores nessa ou naquela rede social, não vou poder mostra para você como ganhar 100 milhões em uma semana sem investir nenhum centavo.

Bom, sem exageros agora: você precisará investir na sua formação continuada. Aprender com outros especialistas, aprender mais sobre outros assuntos específicos e ligados diretamente ao seu negócio. E isso é normal! Que você pague caríssimo por um curso ou não, este com certeza não será seu último curso… e se for, seu negócio já está fadado ao fracasso e ao esquecimento.

Mas bom, acho que por hoje eu já falei demais, não é mesmo? E tudo isso (de forma compacta e olho no olho) você encontrará em breve também no YouTube:

 

Você já tem um negócio online?

Se você já criou seu negócio e quer ajudar com esta lista de erros possíveis, deixe aqui nos comentários! Alertar e preparar os novos empreendedores é uma necessidade! Sem pessimismo nem rancor, uma simples conscientização, ok?

 

Se você quer criar um negócio online

mas não sabe direito como e por onde começar, então, clique para me ajudar a criar um curso relevante e útil sobre negócios digitais:

E claro, se você acredita que este artigo é interessante para outras pessoas que estão começando seus negócios online, então, seja generoso e compartilhe! Nos dias de hoje, compartilhar conteúdo relevante é praticamente um ato de amor! Então, colabore!!

Assine também meu canal no YouTube e inscreva-se na minha lista de contatos VIP, pois assim você não perde mais nenhuma novidade!

Compartilhe!